Verão! Sol & Saúde


Olá meninas,
Estamos em pleno verão, calor, férias, sol, uma combinação perfeita se não fosse as consequências desagradáveis e maléficas nas quais podem causar a exposição excessiva ao sol, como por exemplo queimaduras, envelhecimento precoce, câncer de pele, cano ocular, alergias e alterações imunológicas. Por isso então é totalmente necessário alguns cuidados, como o uso do protetor solar, evitar a exposição das 10 da manhã as 4 da tarde. Para entendermos mais, sobre sobre as consequências e a melhor forma de nos protegermos, vamos conhecer mais sobre o assunto através de um texto escrito por Claudio Mutti Dermatologista:
Não podemos dizer que o sol é um vilão, já que ele traz benefícios à saúde e, o mais importante, pois sem ele não haveria vida na terra. Mas, quando ocorre a exposição solar indevida, ele pode nos causar queimaduras, envelhecimento, câncer da pele, dano ocular, alergias e alterações imunológicas. Por isso da importância do uso do protetor solar e de outros cuidados com o sol. 



O sol produz vários tipos de irradiação, mas as que nos importa são a UVA e a UVB (radiação ultravioleta) Esses dois tipos de radiação são nocivos a nosso organismo, sendo que a UVA e 1000 vezes menos intensa que a UVB. Mas a UVA causa também danos como o envelhecimento precoce ate o câncer de pele. Então, na hora de fazer as compras para ir à praia, o protetor ideal tem que ter proteção tanto para UVA quanto para UVB. O horário de maior radiação solar e entre 10 e 16 horas. É nesse e o período que o sol causa mais danos ao nosso organismo, e por isso, a exposição ao sol deve ser bastante restrita durante esse horário. A roupa também nos protege das radiações solares. As que mais protegem são as de tecido com cor escura e que tem trama mais apertada, ou seja, aquele tecido que é menos transparente. Como exemplo podemos pegar uma camiseta de algodão em que o FPU (fator de proteção ultravioleta) e igual a 5 a 9 FPU. O chapéu também nos da uma certa proteção e quanto maior a aba maior será a proteção. Os óculos de sol também da proteção aos olhos, e essa vai depender do tamanho e forma do mesmo. O vidro nos protege das irradiações UVA, mas não da UVB, a não ser que ele tenha uma camada de insulfime.

A sombra protege um pouco dos problemas causados pela exposição excessiva ao sol. No entanto, a radiação pode ser refletida pelas superfícies brancas, então não adianta pensar que ficar em baixo do guarda sol, ou na sombra, seja o suficiente para evitar problemas causados pelo sol. Os filtros solares nos protegem das seguintes maneiras: através da absorção, reflexão ou espalhamento da radiação incidente. Este deve ser aplicado 20 minutos antes da exposição ao sol, para que haja a absorção completa pela pele, e usar no mínimo o fator de proteção solar (FPS) 15, e reaplicado de tempo em tempo. O protetor solar com fator de proteção 15 (fps) filtra 93% dos raios UVB, o 30 filtra 96% e o fps 60 = 98%, mostrando que não há diferença significativa entre o protetor solar com fps 30 e o de 60. O que significa FPS (fator de proteção solar)? Se a pele fica vermelha após 15 minutos de exposição solar, usando FPS 15, ela ficara protegida por 150 minutos (10x15), ou seja, por duas horas e meia. Por exemplo, se você for à praia, o protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, e também sempre que entrar você na água, ou quando houver transpiração excessiva.
Existem protetores que são a prova de água, ou seja, aderem mais a pele, mas não podemos garantir que não saiam na água, então devem ser reaplicados com a mesma frequência. Não podemos nos esquecer dos lábios, orelhas, pés mãos e dos olhos que tem que ser protegido pelo uso dos óculos de sol. Os calvos não podem se esquecer do uso de protetor solar no couro cabeludo. No dia a dia, devemos aplicar o protetor solar pela manha, na hora do almoço e no meio da tarde. O filtro solar deve ser usado em todas as épocas de ano, e não apenas no dias ensolarados.

A radiação UVA, grande responsável pelo envelhecimento precoce, mantém-se praticamente constante em todas as estações do ano, e mesmo nos dias nublados e chuvosos. Dê mais atenção às regiões que ficam mais expostas ao sol como rosto, pescoço, orelhas, colo, braços e mãos. Outra coisa importante é não economizar na quantidade.


O protetor solar ideal e aquele que nos proteja contra os raios UVA UVB, que tenha boa tolerância a pele, seja fácil de aplicar, se espalhe uniformemente, não irrite, não sensibilize a pele, não tenha cheiro. Ele deve também se adequar a pele de quem o usa, ou seja, para peles oleosas ou acneicas, o protetor de ser sem óleo (oil free), já os que têm a pele mais seca, deve usar os protetores em loção cremosa. E quem quer adquirir uma pele bronzeada? Essas pessoas devem se bronzear de maneira gradual e com proteção, pois a ação dos raios solares na estimulacao da producao da melanina (o pigmento da pele) só ocorre após 48 horas da primeira exposição. Assim o bronzeado vai aparecendo gradativamente, e com menos risco para a saude. Quem deve usar o protetor solar? Todo mundo e sempre, e as crianças a partir do sexto mês de vida, antes disso deve se evitar a exposição solar e usar roupas adequadas. Tomar o cuidado de usar protetor solar hipoalergenico para as crianças e idosos, pois a pele destes é mais sensível. Espero que as dicas tenham sido uteis, e é isso devemos curtir o verão sem deixar de lado nossa saúde.
BeijoOos!
Tati Nunes
Fonte: www.minhavida.com.br
Google Imagens

1 .:

  1. Adorei as dicas, haha

    Beijoos!
    http://simplesglamour.blogspot.com/

    ResponderExcluir